sexta-feira, março 30, 2007

Mundo bizarro....



"Mandamento numero um é jamais mencionar nome de ninguém. Invente uma forma de se referir ao fato sem se referir à pessoa ou tais frito. "

Então vamos nos referir aos fatos e não nos referirmos ás pessoas reais...


De: Mevrouw
Data: 10/21/04
08:39:50
Para: joelmaribeiro
Assunto: Re:


Oiê... Vamos a parte fofocal primeiro.

A Fulana 1 é uma pessoa ótima, mas é quase sempre do contra sim. Pelo menos comigo. Eu já cheguei a pensar que fosse pessoal, mas ela até me convidou pro casamento dela e tudo. Ela é professora de ioga, é meio zen, e espera que as pessoas sejam assim também. Mas no geral é uma ótima pessoa, tenta te ajudar sempre, é legal.



A Fulana 2 também é legal, só que sofre de alguns males: sabe aquela síndrome de pobre que conseguiu alguma coisa na vida?
Pois é. Eu acho meio breguinha, mas no fim respeito, pois ela passou por poucas e boas quando chegou aqui. O carrão dela é na verdade da empresa, ela não é A EXECUTIVA mas sim uma consultora de SAP junior, tem muito exagero ali, mas de novo: passou por muita dificuldade e agora que as coisas estão um pouco mais fáceis ela exagera um pouco.

E quanto ao mundo virtual...

Cheguei a conclusão que quanto menos blog eu ler melhor.

A gente tá passando por todas estas dificuldades aqui, é idioma medonho, é ter que tirar carteira de motorista de novo, é conseguir emprego.

Aí você lê o blog das hienas, e tá tudo azulzinho na vida delas, aí eu me pergunto: é só comigo que acontece merda? Depois, através de terceiros ( ou amigos comuns ) é que a gente percebe que acontece merda do mesmo jeito, só que as hienas só contam as pingas que bebem, jamais os tombos que tomam.

Umas nem tem má-intensão, tipo a coitada da Fulana 3 que me escreveu que eu preciso ter sorte, que ela está aqui a 7 meses e arrumou emprego.

Joelma, vou falar pra ele que emprego de arquivista eu não quero? Sabe, o povo fala que isso é ser metida, que é melhor eu aceitar qualquer emprego, que orgulho não enche barriga, mas sabe, é como o chefe do Y falou: eu é que sei o quanto camelei pra conseguir ser compradora na Pm, quantos sapos engoli, quanto tempo e dinheiro em cursos e seminários eu investi.

Eu e Y temos uma situação financeira boa, não há necessidade agora de eu parar o curso de holandês pra aceitar trabalho braçal. Pode ser que no futuro eu esteja já falando holandês, de saco ( mais ) cheio de ficar em casa, precisando de grana, aí sim apelo pra estas medidas extremas, mas agora quero dar prioridade pro curso.

Eu só o interromperia por um emprego legal, pode até ser junior ou assistente de comprador, mas na área de compras.

Agora vamos falar outra coisa: que mania é essa do povo escrever "ah, meu marido ganha super bem"?

Eu só comento esse tipo de coisa numa conversa íntima ( como te falei acima ), com alguém que conheço, que necessidade é essa que o povo tem de sair por aí falando salário de marido? Parece necessidade de auto-afirmação, olha, eu só não tenho uma carreira porque não preciso pois meu marido ganha muito bem então eu não preciso trabalhar muito...

Aí depois disto o e-mail perde mais o interesse, mas é original tá numa pastinha....


"Uma carapuça sempre servirá em várias cabeças ..."


Será que serviu???


Falar mal da vida dos outros é fácil...fácil, pegar comentário em blog alheio e meter o pau é mais fácil ainda...né não???

Para que tudo isso???? Aumento de comentários??? Infelicidade???

Acho que simplicidade, força de vontade não tem nada a ver com síndrome de pobre, síndrome de pobre é por no blog o valor da hipoteca...isso sim é síndrome de pobreza, mas mais paupérrimo ainda é falar das próprias amigas, dar risadas das pessoas que na inocência (como eu) escreveram dando força em uma época em que nem tudo eram flores.

Depois ela fala de não ter uma carreira porque não quer, o marido dela ganha muito bem e ela não precisa trabalhar...ué? mas então porque ela agora critica todas as brasileiras que não sentem necessidade de trabalhar? porque raios ela critica tanto a vida alheia?

Porque raios ela acha que todas as pessoas são inferiores a ela? Ela não gosta de brasileiras que conhecem seus maridos pela internet, mas não foi do jeito que ela conheceu?

Eu conheci meu marido pela internet sou pistoleira por isso???

Ela fala mal das que conhecem estrangeiros e se mudam para a Europa rapidamente, mas e ela?

Conheceu e um ano depois estava casada.

Poxa vida, relacionamento são tão complicados, cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é, quem ela acha que é para por regras no relacionamento alheio?

Ela fala mal de quem fica em casa
Ela fala mal de quem trabalha em empregos não tão pop stars como o dela
Ela fala mal de quem gosta de calça da Gang
Ela fala mal de quem escreve errado
Ela fala mal de quem almeja uma vida simples
Ela baixa o cacete em quem diz ter mais dinheiro que ela
Ela fala mal dos antigos colegas
Ela fala mal dos amigos
Ela fala mal da família
Ela fala mal dos novos colegas
Ela fala mal do marido
Ela fala mal da família do marido
Ela fala mal do pai
Ela fala mal de quem diz ter dinheiro
Ela fala mal de quem trabalha em empregos simples
Ela fala mal de quem engravida


Blog é blog, vida real é vida real.

Mas às vezes, como agora, as agressões são tantas que não tem como separar uma coisa da outra.

Depois ontem a noite recebo um e-mail com os seguintes dizeres:

"E quanto ao resto do que você escreveu no post (que foi o meu comentário apagado que deixei lá) , já até postei no blog, e disse cara-a-cara para Fulana 1, que quando a conheci eu achei que ela exagerava as atribuições dela e que não era possível tanta complicação nas costas de uma consultora de SAP junior.

O que você botar em cima disso, é invenção sua. "


Vai te catar garota, tu acha que eu vou perder tempo inventando algo??? Infelizmente usei esse e-mail seu como vc fez com o comentário da Aline certa vez, eu não tinha esse direito e vc também não o tinha.Mas acho que tem horas que tudo tem que ter um basta, você escreve, você ofende e depois vem coma a desculpa que não foi bem aquilo que você quertia dizer.

Uma vez você escreveu no seu blog que uma boa conta bancária é que segurava um casamento.Que pena...se não tiver amor, compreensão, companheirismo...não há ouro, diamante ou dinhero que segure qualquer homem, qualquer mulher...que mantenha um casamento.


Direito seu!!!Direito meu...

Infelizmente , infelizmente.Mas depois de ver tantas amigas blogueiras sendo ofendidas, criticadas e rotuladas por isso e por aqui e me sentindo também "rotulada", achei que deveria me abrir aqui.

Peço desculpas a quem lê meu blog, pois acho que nunca ninguém viu algum barraco por aqui, sou de família humilde, mas fui criada com ensinamentos que dizem que devemos respeitar o próximo, mas os tempos mudaram e creio que devemos respeitar o próximo que nos respeita, seja esse no mundo real ou no mundo virtual.

Meu blog e outros podem ser sim "trash"...mas certas atitudes são muito mais trash

Encerro aqui esse assunto por aqui, ponho uma pedra em cima e bora pra frente...morreu...já era.Ibope só na tv...

Desejo uma ótima sexta para todo mundo!!!Encerro o post com uma frase....

"Muitas vezes é necessário que tudo se perca, para que se possa novamente reiniciar. Agora, com maior experiência, com vida, amor, dedicação, esperança em tudo que se irá construir para o amanhã, vivendo o dia de hoje e tirando como aprendizado o dia de ontem."

6 comentários:

Susana disse...

Joelma,

Nada como um dia apos o outro.
Tropecar, cair, sacudir a poeira, levantar-se e prosseguir.
Dos erros so' aprendemos grandes licoes.

Fique com Deus,

Susana

luma disse...

Jo, fiota, não sei de quem está falando, mas isso nem importa. O que importa é que, mesmo decepcionada com alguma pessoa, sabe que outras lhe trazem alegria.
O pior de tudo é que essas pessoas se acham espertas e substimam a nossa inteligência, mal sabem que estamos de olho além da carcaça.
Consciência tranquila, alma lavada, vamos em frente!!
Bom fim de semana! Beijus

Anônimo disse...

Olá Joelma, adooooooooooooooorei o que vc. falou, nao citou nomes mas para bom entendedor meia palavra basta, né nao!!!! Acho que as coleguinhas citadas (ausentes) nao vao dormir hoje pois, a carapuça vai incomodar no travesseiro. Voce falou tudo que muita gente estava com vontade de falar,.... com nó na garganta. !!!! Sabe, Joelma, tem gente de espirito muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito pobre neste mundo e eu acho que até Deus, se envergonha deles. Continue sendo sempre, esta pessoa humilde e maravilhosa que voce é, pois sao destes que Deus espera com galardao cheio!!!...

Boa semana...

Ass: eu.

Anônimo disse...

Ola Jo..
Olha.. nao esperava que alguém tivesse essa coragem!!! Meus parabéns.. tava na hora de alguém falar algumas verdades.. apesar que neste caso nem adianta... Mas enfim...Compartilho da sua opinião.. porém não tenho um blog.. e talvez nao tivesse coragem.. Continue esta pessoa maravilhosa que é.. e não se preocupe.. pq quem não tem espirito se preocupa com a carne mesmo!!!!!
Grande beijo
Maraíni

Cris disse...

Oi Jo...
Olha só..
Ela sabe o que eu acho da maneira como ela posta alguns assuntos e o que eu achei desse e-mail, que apesar de ter sido no passado, infelizmente dá meio que um choque;
Você também sabe o que eu acho da sua pessoa.
E sabe que eu continuo torcendo para que tudo dê certo.
Agora é como vc disse, assunto encerrado e bora prá frente!
Beijos!

Pantera disse...

Poxa Jô, nao sabia que estava acontecendo algo assim no seu blog. Acho que você deveria esquecer essas pessoas, deixar quieto e seguir com o seu blog que eu tenho certeza que nao é trash de nenhuma maneira. Adoro ler você. Beijos