quarta-feira, abril 04, 2007

Meu tratamento para engravidar, minha peregrinação.



Bom dia !!! Flores do dia!!! Então essas ampolas, injeções são um pequeno exemplo do meu tratamento para engravidar. Esse post é longo...mas como acordei cedo, difrente do que tinha planejado arranjei tempo para postar aqui tudo, ou quase tudo que aprendi nesse tempo todo, durante esse um ano de tratamento.Como disse é longo....mas para as "tentantes" ou "futuras tentantes" é uma forma de esclarecer e se puderem acrescentar...acrescentem.

Vamos por partes....a velha história que todo mundo já está de saco cheio...ahahahaha

Começamos com o desejo de engravidar a aproximadamente 3,5 anos atrás, quando foi detectado o hipotireoidismo, por falta de experiência (e sei lá mais o que) do meu huisarts dizendo que tudo estava bem e receitando-me uma pequena dosagem de Euthyrox (50mcg) e dizendo-nos que tudo estava sobre sobre controle perdemos mais ou menos 1,6 nisso, ou seja, minhas chances eram praticamente 1%.

Dia 30.03.06 fizemos a nossa primeira visita em Sittard e aí começa a minha história.

Primeiro fiz consulta com o endocrinologista para resolver o problema da glândula da tireóide que em 3 meses...4...estava tudo perfeitinha, reguladinha...no seu pleno funcionamento, ou começando a funcionar.

Mas mesmo assim foram feitas nesse mesmo tempo laparascopia, histeroscopia e a inclusão de um liquido azul (esqueci o nome) para ver se meus "eileiders"(trompas) estavam ok... tudo correu bem, nao foi dolorido, um poudo desconfortável mas nada demais...
Foi detectado então um cisto de 3 cm, que continua comigo desde então por não ser maligno (???) no ovário do lado direito e eles me disseram várias vezes que isso não interfere em nada, mas realmente já cansei de falar sobre isso com a médica.

Tenho SOP- síndrome do ovário polícistico também , um dos principais sintomas da S.O.P. em grande parte das mulheres é o atraso menstrual ou mesmo ausência das menstruações.

Muitas mulheres com esta síndrome não tem ovulaçao regular. Este fato faz com que muitas delas tenham dificuldade em engravidar sem um tratamento eficaz.

No entanto isto não quer dizer que mulheres com S.O.P. não engravidem nunca !!! Muitas adolescentes com estes ovários pensam que não podem engravidar e acabam conseguindo uma gravidez indesejada.

Pois bem depois de tudo isso foi recomendado um tratamento com o indutor Clomid (Citrato de clomifeno), começando com doses de 50, indo para 75, depois para 100 e chegando no limite de 150.

Que eram ingeridos no 3 dia após o primeiro dia da menstruaçao e quando se verificava através de exame de sangue (estradiol) e ultrasom transvaginal que os folículos estavam num determinado tamanho entao eu usava o Pregnyl que é um hormônio a base do xixi da mulher grávida.

Ovulava direitinho mas a gravidez não "pegava"....

Passamos então a fazer a IUI (intra uterine inseminatie) começamos em outubro com os medicamentos e fizemos a nossa primeira inseminação intra uterina no dia 24/11.Nossa achava que ia dar certo, vc fica em estado de euforia, mas a doutora e as assistentes são diretas: a chance é mínima de 10 a 15% .

Mas você acredita e segue feliz e saltitante...ahahaha...

Dezembro

Foi frustação...tudo feito bonitinho...lindinho...e o que acontece??? O laboratório ficou fechado então...uma IUI se perdeu...pena...

Lembre-se que na Holanda que se uma das partes tem problemas sérios, tanto o homem como a mulher eles são encaminhados direto para a IVF, mas esse não era meu caso...eu ovulo. Então tenho ou teria que passar por 6 IUI's para depois ir para IVF.

Bem...entao em janeiro comecei com o Menopur (menotrofina) que é um hormônio feito a base dos hormônios recolhidos ( FSH-LH) do xixi da mulher na menopausa, começamos com duas ampolas por 3 dias, depois foi visto que foi feito um erro do hospital e que na verdade eu deveria ingerir uma ampola por dia, até que os folículos estivessem no tamanho certo.

Uma pequena introcuçao...

"Indução de ovulação"

OS HORMÔNIOS DA REPRODUÇÃO

O ciclo reprodutivo normal da mulher é controlado principalmente por hormônios liberados por diversos órgãos do corpo. Na base do cérebro, a glândula hipotálamo produz um hormônio chamado hormônio liberador da gonadotrofina (GnRH). Este hormônio estimula outra glândula conhecida como hipófise, que está situada logo abaixo do hipotálamo.

A hipófise libera dois importantes hormônios envolvidos com a reprodução - hormônio folículo estimulante (FSH) e hormônio luteinizante (LH). Ambos os hormônios exercem um efeito direto sobre os ovários durante o ciclo menstrual.

As quantidades de LH e FSH liberadas e suas funções específicas se alteram conforme o ciclo progride. O FSH estimula o crescimento de pequenos sacos no ovário, conhecidos como folículos. Cada folículo contém um óvulo e produz hormônios adicionais.

O LH ajuda o FSH a estimular a produção desses hormônios, tanto antes como depois da ovulação. Em um determinado momento, aproximadamente na metade do ciclo menstrual, um repentino fluxo de LH e FSH causa a ruptura do folículo dominante e libera o óvulo de dentro dele.

O LH é agora - neste estágio do ciclo - o hormônio mais importante, porque ele permite que o óvulo fique maduro e pronto para ser fertilizado pelo esperma.

OS OVÁRIOS

As mulheres têm dois ovários; eles estão localizados na pélvis, ao lado do útero. Suas principais funções são liberar os óvulos e produzir hormônios.

Por ocasião do nascimento os ovários contêm milhares de óvulos, cada um deles rodeado por células que evoluem para formar uma pequena vesícula cheia de líquido (folículo).

Todos os meses, nas mulheres com ciclos regulares e que estão ovulando normalmente, um desses folículos aumenta até cerca de 20 mm de diâmetro, e então libera um óvulo (ovulação), o qual passa para dentro das trompas de Falópio.

Aí ocorre a fertilização, antes do óvulo fertilizado (embrião) continuar até o útero para se implantar no seu revestimento (endométrio) e desenvolver a gravidez.

Se nenhum óvulo for fertilizado, o endométrio será eliminado como sangue menstrual 14 dias depois da ovulação.

O ovário também produz muitos hormônios, sendo mais importantes o estrogênio e a progesterona. Os estrogênios promovem o desenvolvimento do endométrio e o o crescimento dos folículos e o desenvolvimento do endométrio, enquanto que a progesterona, que é liberada depois da ovulação, é importante na preparação do endométrio para a gravidez.

Cada folículo deve conter um óvulo, sendo considerado pronto para a ovulação quando atinge um diâmetro de pelo menos 17 milímetros. Do mesmo modo, o revestimento do útero (endométrio) se espessa, preparando-se para receber um embrião, devendo atingir uma espessura de pelo menos 8 milímetros no momento da ovulação.

Então folículo é foliculo, óvulo é óvulo e embrião é embrião....

Pois bem depois de começar com 1 ampola de Menopur , aumentamos no mês seguinte para 3 ampolas (sendo que essas eram divididas em duas doses), agora nesse mês comecei com as 3 e agora aumentaram para 2 ampolas diárias.


Em relação aos medicamentos o Menopur custa 237 euros e é pago pelo meu plano de saúde, no começo disseram tanto na farmácia quanto no escritório do plano de saúde que nós deveríamos pagar, mas como havia procurado nessse site aqui:

http://www.freya.nl/web_verzekeringen/menopur2005.php

Tinha certeza que era pago, acabei discutindo com um grosso de um atendente e paguei na primeira vez, no dia seguinte o chefe do infeliz veio aqui em casa e pediu desculpas e recebemos o dinheiro de volta, foi o meu primeiro e não último barraco por aqui.Temos que lutar pelos nossos direitos eu pago imposto...igualzinho a todo mundo.

Portanto vc tem que se informar, pois eles não estão nem aí...se vc mora por aqui consulte esse site, faça uma cópia, ligue para seu zorgverzekeraar e bata o seu pezinho, pois ás vezes eles se fazem de tonto.

Passo a passo da indução da ovulação

1. Tratamento medicamentoso, para produzir um único óvulo a amadurecerCitrato de clomifeno ou preferencialmente gonadotrofinas,menotrofinas para estimular o crescimento de um a três folículos no máximo

2. Monitoração do tratamento para medir o crescimento dos folículos, individualizar as doses do medicamento, e prevenir efeitos colaterais sériosPor meio do exame de ultra-sonografia transvaginal - Algumas vezes, pela dosagem dos níveis de estrogênio em uma amostra de sangue

3. Administração de hCG (Pregnyl) quando um folículo atinge o diâmetro de no mínimo 17 mm hCG estimula a maturação e a liberação final do folículo dominante.Quando tiverem se desenvolvido 3 ou mais folículos com mais de 15 mm, a administração de hCG será evitada, a fim de serem prevenidos efeitos colaterais sérios, como a síndrome da hiperestimulação ovariana (OHSS) e gravidez múltipla

4. Relação sexual ou IIU - Inseminação intra-uteriana programada para 36 horas após a injeção de hCG

5. Teste de gravidez (pior parte...ou melhor parte)


Nossa decisão, nossos motivos...


Bom...depois de um ano de tentativas e indo para a 4 tentativa de IUI decidimos em conjunto que é melhor darmos um tempo.Ninguém imagina o quão cansativo, o quão desgastante é todo esse processo tanto para mim quanto para o meu Cuty.

Na verdade esquecemos do homem nessas horas...mas eles sofrem em silêncio.

E a quantidades de palpites que você houve??? Tipo não pensa muito nisso, "je moet loslaten"....ou...relax...

Hahahaa é impossível não pensar se vc tem que ir 2...3 vezes por semana para medir o estradiol, para fazer echo, tomar as injeções na barriga toda noite, ver seu humor alterar, seu peso aumentar.

Falando nisso a médica (anta) não me deu metaformina (metformine) que se for tomada junto com os hormônios ajuda a não aumentarmos de peso.

Sabem de uma coisa ???

É primavera, começaram a fazer dias belissímos, logo...logo é verão...tem uma viagem aí em vista, enfim...quero ficar bem fisica e emocionalmente.Física porque quero me desintoxicar dessa porrada de hormônio que tomei...emocionalmente...porque é muito para alguém morando num país distante, longe da família.

Fiz três sessões de terapia e confesso achei uma meleca, sentar lá e falar e falar.....sei que tudo tem haver com os hormônios, e com outros problemas também que passei nesse 1 ano.Afinal a vida não gira somente em torno desse tratamento.

Vou confessar que perdi a fé em Deus certas horas, perdi mesmo, afinal você vê tanta mãe abandonando os filhos, jogando em represa, ignorando, drogadas que consumem crack e tão aí barrigudas, foram outras barbáries...Daí você pensa eu sou ruim ???

Cheguei mesmo a pensar que eu poderia ser ruim, que talvez não fosse suficientemente boa para ser mãe.Mas já desencanei...sei que eu sou eu....sempre fui forte e vencerei essa batalha...

Vou fazer um regime, ficar gostosona, toda boa!!! Egoísmo pensar em cuidar do corpo ao invés de seguir o tratamento???

Não...acho que quero que ele tenha uma mãe bem bonitona, bem lindona...

Kini...vou seguir o seu conselho e dar mesmo um tempo...acho que é o melhor...quem sabe lá para agosto...setembro...eu começo tudo de novo...Mas vamos ver...a cabeça da gente muda muito, mas posso dizer que depois que tomei essa decisão meu coração aliviou pra caramba...me sinto leve...me sinto bem...

Agradeço imensamente quem sempre me deu apoio seja pelo blog, seja por e-mail, seja por telefone...vocês não tem idéia de quanto vocês me ajudaram...
Não tive, não tenho aliás nós "tentantes" não temos inveja das grávidas não viu??? Parem com essa besteira!!!!


Meninas deixa eu por o Ozzy ali fora...talvez vou dar uma volta com ele, hoje como disse tirei um dia só pra mim....estava precisando, um dia livre..um dia de sol....



"Faça tudo para que não lhe seja incômoda a felicidade alheia. Alegre-se sempre quando souber que uma pessoa é feliz. Deseje sinceramente que ela continue sendo. E se de você depender que alguém tenha felicidade, não regateie esforços no sentido de que isso aconteça. Seja razão de felicidade para o seu semelhante. Aumente-a, se puder, mas, sobretudo, evite que ela diminua ou se desvaneça. No dia em que cada um de nós construirmos razões para a felicidade do próximo, aí o mundo será melhor. "

6 comentários:

Susana disse...

Joelma,

Sua trajetoria e' linda, comovente e corajosa.
Nao se preocupe, `as vezes a fe' titubeia, mas, logo, logo, a gente reencontra as energias para prosseguir.
Nao esqueca do seu post de outro dia, mencionando as respostas que Deus pode nos dar: sim, nao ou espere.
O que precisamos e' pedir a Deus , em oracao, o entendimento da Vontade d'Ele, que e' Perfeita.

Eu, continuo aqui torcendo por voce !!

Bjs,

Susana

Anônimo disse...

Olá Joelma, lendo o seu post de hoje, venho a deduzir que Deus esta te dando uma resposta ... ESPERE , e no momento oportuno, na hora certa, seu bebe lindo, maravilhoso, cheio de saude virá. Deus conhece voce, melhor do que ninguem, e Ele sabe dos desejos do seu coraçao, descanse em paz e vc. verá o resultado!!!! Boa semana...!!!

Ass: eu

Jo disse...

Nossa anônimo obrigada viu!!!

Fran disse...

Oie Joelma,

Me emocionei de ler sua historia, esta trajetoria tao linda para ter um bebe. Mas lembre -se que as coisas vem ao seu tempo. Sei como e dificil estar em outro pais, as vezes ficamos desiludidas, cansadas... Mas nada como um dia apos o outro. De uma relaxada e adorei a ideia de cuidar do corpo, va em frente!
Beijos

Anônimo disse...

Oi Jo, essa busca de um bebê é muito bonita, principalmente o desejo de ser mãe, (sem esquecer do marido que também sofre muito, talvez demonstre menos, o que não quer dizer que sofra menos, não é fácil para ninguém), mas também é muito dolorosa, e passam zilhões de coisas na cabeça da gente (tenho conhecimento de causa!), mas acho que vc está certíssima de abrir também essa porta e amenizar a ansiedade que atrapalha.
Muita força, querida!
sandaliadeprata

Goretti disse...

Faz bem em relaxar um pouco. Imagino como deve ser desgastante, angustiante essa espera. Mas não se esqueça do seu post com o título "Deus responde sempre" Achei lindo e, para ajudar, li-o num dia em que estava em baixo! Fique bem e ponha-se bonita (nunca nos devemos esquecer de nós).
Beijinhos
Boa Páscoa
Goretti